As Redes Sociais mais usadas no Brasil

As Redes Sociais mais usadas no Brasil

Alguma vez você já deve ter visto alguma matéria na TV comentando sobre como as redes sociais são amadas pelos brasileiros. Provavelmente você esteja até entre essas pessoas que gastam bastante tempo olhando posts, fotos e vídeos.

Estudos provam que realmente é assim que acontece.

No ranking de tempo gasto em redes sociais, o Brasil ficou em segundo lugar com média de 3h39m online nesses tipos de site, perdendo somente pra Filipinas.

E o crescimento disso é cada vez mais certo.

No Brasil teve um aumento de 7% nos últimos anos em relação ao período anterior, somam-se mais de 8 milhões de novos usuários em redes sociais. Os números são do relatório Digital in 2018, do site We Are Social.

Confira o ranking das 20 redes sociais com mais números de usuários no mundo:
Rede SocialUsuários Ativos
1. Facebook2.234.000.000
2. Youtube1.900.000.000
3. WhatsApp1.500.000.000
4. Facebook Messenger1.300.000.000
5. WeChat1.058.000.000
6. Instagram1.000.000.000
7. QQ803.000.000
8. QZone548.000.000
9. QZone563.000.000
10. Douyin/TikTok500.000.000
11. Sina Weibo431.000.000
12. Twitter335.000.000
13. Reddit330.000.000
14. LinkedIn303.000.000
15. Baidu Tieba300.000.000
16. Skype300.000.000
17. Snapchat291.000.000
18. Viber260.000.000
19. Pinterest250.000.000
20. Line203.000.000

Fonte: Statista - 10/2018

As 10 Redes Sociais mais populares entre os brasileiros

No Marketing Digital, os canais essenciais para atingir seu público-alvo, são as redes sociais.

É importante saber quais redes sociais mais populares para identificar qual delas seu público-alvo está mais presente.

1. Facebook

Talvez você já tenha ouvido a frase "se não está no Facebook, não existe". Isso porque a rede social mais popular do mundo é o Facebook, consequentemente a mais popular do Brasil. Somam-se mais de 2,2 bilhões de usuários pelo mundo, 129 milhões deles são brasileiros.

Esse número coloca o Brasil em terceiro lugar no ranking dos países que mais usam esta rede social, perdendo apenas para Índia e Estados Unidos.

O Facebook reúne muitas funcionalidades em um só lugar, tornando-se uma rede social abrangente e versátil. Além de servir para conhecer pessoas, relacionar-se com amigos e família, informar-se, server também para gerar negócios.

Por essa razão, empresas que investem em marketing digital, é impossível não se fazer presente no Facebook.

2. Whatsapp

A rede social de mensagens instantâneas mais popular entre os brasileiros, é o Whatsapp. A maioria das pessoas que possuem um Smartphone, têm o Whatsapp instalado.

Para muitos brasileiros, o Whatsapp é "a internet". As operadoras vem permitindo o uso ilimitado do aplicativo, sem descontar do consumo de pacote de dados. Muita gente se informa através dele por esta razão. Dessa forma, já se contabilizam em 120 milhões de usuários no Brasil, e o número só cresce a cada ano que passa.

Por ser muito utilizado para compartilhamento de informações em grupos ou conversas pessoais, o aplicativo esteve no centro de muitos debates nas eleições de 2018. O Whatsapp é considerado uma rede social por esta característica.

Conheça o Whatsapp Business, ele pode ser muito útil para o seu negócio.

3. YouTube

Na atualidade, a principal rede social de vídeos online, com mais de 1 bilhão de usuários ativos e mais de 1 bilhão de horas de vídeos visualizados diariamente, é o YouTube.

Fundado no ano de 2005 por Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim. No ano seguinte, em 2006, o sucesso meteórico fez com que o Google comprasse a ferramenta por 1,65 bilhão de dólares.

A distribuição de conteúdo por meio de vídeo está cada vez mais consolidada, vale a pena investir na ferramenta como forma de distribuição de conteúdo.

4. Instagram

Uma das pioneiras redes sociais exclusivas para o acesso mobile, foi o Instagram. Seu foco continua sendo os dispositivos móveis, embora seja possível visualizar publicações no computador. É uma ferramenta para compartilhar fotos e vídeos, com possibilidade de aplicar filtros e outras edições.

O Instagram mudou muito desde 2012, quando o Facebook o comprou por 1 bilhão de dólares. Hoje em dia há possibilidade de postar fotos de diferentes proporções, além de outros formatos, como vídeos, stories, dentro outros.

Os principais pontos inovadores da ferramenta são os stories. São diversas formas de interagir com o público, como perguntas, enquetes, vídeos em sequência e uso de GIFs. Outro diferencial que vem recebendo muito destaque no aplicativo, é o IGTV, lançado em 2018.

Ter uma conta no Instagram é uma oportunidade de divulgar seus conteúdos de forma visual; humanizar a marca, por exemplo, mostrando os bastidores; e caso esteja contratando, de atrair candidatos a vaga.

5. Linkedin

A rede social de destaque com foco em profissionais vem se tornando cada vez mais com outros sites do mesmo tipo, como o Facebook.

O diferencial é o foco em contatos profissionais - ou seja, temos conexões em vez de amigos, temos companhias em vez de páginas. As comunidades são outro grande diferencial, reunindo interessados em alguma profissão, mercado ou tema.

É principalmente utilizado por diversas empresas para recrutar profissionais, troca de experiência profissional em comunidades e outras atividades dentro do mundo corporativo.

6. Twitter

A rede social Twitter atingindo seu auge em 2009, de lá pra cá está em declínio, porém isso não significa que todos os tipos de público deixaram de usar a rede social.

Hoje em dia, a rede social é principalmente utilizada como segunda tela em que as pessoas debatem e comentam o que assistem na TV, fazendo posts comentando sobre reality shows, jogos de futebol, noticiários, entre outros programas.

Nos últimos anos, a rede social voltou a ter relevância por políticos estarem usando a ferramenta, pois ali divulgam informações em primeira mão. O Twitter ainda pode ser uma fontes de leads e vendas para os negócios.

7. Facebook Messenger

Messenger é a ferramenta de mensagens instantâneas do Facebook, incorporada no ano de 2011 e separada da plataforma em 2016.

Após a "separação", o download do Messenger se fez obrigatório para quem usa a rede social através de Smartphone, pois já não existe mais possibilidades de responder mensagens pelo aplicativo do Facebook.

Além de mensagens, o Messenger também possui a função de Stories. Para empresas, existem recursos interessantes, como resposta inteligente e bots.

8. Pinterest

A Pinterest que traz um conceito de "mural de referências". Lá você pode criar pastas para armazenar suas inspirações e também permite fazer upload de imagens e colocar links para URLs externas.

Seu público é majoritariamente feminino em todo o mundo. Os temas mais populares são gastronomia, moda, arquitetura, viagem, casamento, Gadgets, maquiagem, design e faça você mesmo.

Pra sua empresa, não é necessário criar pastas apenas para seu próprio conteúdo. Uma boa ideia é escolher que apresentem a alma da sua marca, ajudem no crescimento dela e possa ser oportunidade de algum usuário chegar até você. Também há a possibilidade de criar pins patrocinados para aparecerem com mais relevância para os usuários.

9. Snapchat

Snapchat é um aplicativo focado em compartilhamento de vídeos, fotos e texto para celulares. Considerado um símbolo pós-modernidade por sua proposta de conteúdo efêmero conhecido como snaps, que desapareciam depois de 24 horas após sua publicação.

A rede social lançou o conceito de "stories", Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, despertou o interesse e diversas vezes tentou comprar a empresa, mas todas as tentativas foram fracassadas. Dessa foram, Mark lançou a funcionalidade nas redes sociais que ele já obtinha, criou concorrentes como Whatsapp Status, Facebook Stories e Instagram Stories.

Apesar de ser uma rede sem bicho, possui um público específico formado por jovens totalmente conectados.

Trazendo o Snapchat para dentro do mundo corporativo, há a possibilidade de criar filtros com imagens baseado em geolocalização, uma ótima opção para engajamento de usuários em eventos.

10. Google+

Sempre presente na listas das mais usadas por algumas conexões automáticas que o Google fazia, a rede social acabou não se popularizando como planejado.

Encerrou suas atividade no fim do ano de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ORÇAMENTO GRÁTIS